Prodater apresenta projeto do sistema AMI para substituir antigo Colab

Na manhã desta terça-feira (23) o presidente, Jobson Filho e a diretoria técnica da Prodater estiveram reunidos com o prefeito Dr. Pessoa e o secretário de governo, Adolfo Nunes, para apresentar o projeto do sistema AMI, que já está em fase final e irá substituir o sistema Colab.


O presidente Jobson Filho pontua que o sistema atenderá toda a população de Teresina que apontarem problemas no seu bairro ou na sua rua, problemas que precisam ser tratados pela prefeitura. “O sistema proporciona a participação do cidadão nas políticas públicas e auxilia na otimização dos serviços públicos prestados pela cidade.”, destaca ele.

O AMI apresenta algumas mudanças em relação ao Colab, por ser um sistema próprio, a gestão de processos fica a cargo da prefeitura, a administração possui controle total sobre as funcionalidades da aplicação, além disso, todos os dados gerados são armazenados na Prodater, com servidores protegidos por firewall. Acelera a oficialização de demandas via processo eletrônico (SEI). Podendo ser integrado a qualquer sistema, sob demanda.


E o presidente complementa: “Nesse sistema o cidadão consegue fazer o registro do problema que será encaminhado à ouvidoria da prefeitura onde será feito a averiguação do problema e direcionado para a superintendência responsável”, explicou Jobson Filho, presidente da Prodater.

Durante a reunião também foi tratado sobre o recadastramento de servidores da prefeitura de Teresina, onde a Prodater irá atuar junto com a Secretaria de Administração a inicialização desse serviço.

PRODATER inicia treinamento de novos gestores

A Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER) iniciou o treinamento dos novos gestores da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) nesta terça-feira (12). O objetivo é apresentar o Sistema de Processo Eletrônico, responsável pelo trâmite dos processos administrativos no âmbito da PMT.

O Sistema de Processo Eletrônico é um software de domínio público que permite a realização de todos os trâmites processuais administrativos dentro do ambiente virtual, gerando ganho de produtividade, celeridade e transparência.

“O uso da ferramenta além de melhorar a produtividade, contribui com a economia de recursos para a administração pública municipal, uma vez que no sistema de processo eletrônico não se faz necessário os gastos com impressão de processos em papel e transporte físico dos mesmos em veículos de posse do poder público municipal”, destacou Jobson Filho, presidente da Prodater.

O treinamento inicial foi ministrado pelos servidores da PRODATER, a analista de negócios, Laizys Val e o analista de sistemas, Túlio Lustosa. Os encontros ocorrerão virtualmente, via videoconferência com as demais secretarias da prefeitura, durante cinco semanas com turmas as terças e quintas-feiras.

Os analistas avaliaram que “os novos gestores se mostraram bem receptivos e otimistas com a ferramenta”.

O presidente da Prodater, enfatiza ainda a importância do treinamento para os novos gestores. “Os treinamentos são importantes para ambientação dos novos gestores com os sistemas da Prefeitura, para que possam ter autonomia e realizar os trâmites processuais administrativos”, pontuou Jobson Filho.

Prodater e Fundação Wall Ferraz discutem modernização do Balcão do Trabalhador

O presidente da Prodater, Jobson Filho, se reuniu com o presidente da Fundação Wall Ferraz Maykon Silva, na manhã desta segunda-feira (11) para tratar sobre a modernização do banco de dados do Balcão do Trabalhador.

No encontro, estavam presentes o diretor técnico da Prodater, Lima Júnior, além da assessoria jurídica da Fundação Wall Ferraz e o representante do Instituto de Jovens Empreendedores Digitais de Teresina (Interaje).

O Balcão do Trabalhador é um serviço da Fundação Wall Ferraz que organiza os perfis profissionais dos alunos que participaram dos cursos de capacitação ofertados pela fundação de fundamental importância para gerar oportunidades.

É importante destacar que com essa modernização o cadastro ficará disponível para qualquer cidadão interessado e que essa é uma prioridade para a prefeitura de Teresina, uma área que merece toda atenção. O prefeito Dr. Pessoa declarou muitas vezes que pretende trabalhar para geração de emprego e renda na capital.

“Essa ferramenta vai facilitar o cadastramento de profissionais, para que as empresas tenham acesso direto a esses currículos, otimizando o processo de seleção. O objetivo é modernizar o banco de dados, facilitar o cadastramento e estabelecer uma relação mais direta entre profissionais buscando oportunidade, alunos formados pela Fundação Wall Ferraz e empresas que absorvem essa mão de obra”, explicou Maykon Silva, presidente da Fundação Wall Ferraz.

A Prodater vai atuar no acompanhamento da implantação dessa ferramenta “Estamos focados em contribuir para fazer do Balcão do Trabalhador um elo seguro, confiável, descomplicado e muito eficiente entre as empresas e os profissionais, atendendo ao propósito de ajudar a criar empregos, renda e oportunidades”, disse Jobson Filho, presidente da Prodater.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Os dados do boletim epidemiológico sobre a Covid 19 de Teresina não foram veiculados nos últimos dias por conta de um problema técnico devido a transição, mas a Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Saúde, em parceria com a Empresa Teresinense de Processamento de Dados – Prodater, efetuou as atualizações necessárias para o reestabelecimento do serviço, que será atualizado diariamente, de segunda a sexta, já os casos dos finais de semana serão divulgados no boletim da segunda-feira.

“É importante a divulgação dos números do coronavírus para transparência e para informar a todos, assim, a população pode compreender como a capital está enfrentando esta ameaça, que requer toda nossa atenção e compromisso. O problema foi resolvido e a divulgação transcorrerá com normalidade diariamente.”, declara Jobson Filho, presidente do Prodater.

Pelo boletim divulgado nesta segunda-feira, 11 de janeiro ( referente a 10 de janeiro), temos um total de 52.136 casos confirmados em Teresina, 247 novos casos e 1.237 óbitos de pessoas residentes na capital. Em relação ao número de pacientes recuperados da Covid-19, somam 25.840.

Treinamento oficial do SEI

O treinamento oficial do SEI é realizado pela ENAP Virtual. O nome do curso é SISTEMA ELETRÔNICO DE INFORMAÇÕES – SEI! USAR e possui carga horária de 20 horas, com emissão do certificado pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP).

A Escola Virtual de Governo (EVG) disponibiliza aos servidores públicos o curso online sobre o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), com certificação pela ENAP.

Para saber mais, entre em https://www.escolavirtual.gov.br/curso/74.

Nova versão do APP SEI!

Já imaginou compartilhar o bloco de assinatura com o colega de trabalho no lugar de mandar o número? Agora isso é possível.

A partir de hoje, 29/05/2020, está disponível na Apple Store e Google Play a nova versão do aplicativo do SEI, com uma série de novidades que contribuirão ainda mais para a produtividade e comodidade dos usuários.

As novidades desta versão do APP SEI! são:

  • Login e a assinatura por meio de biometria e reconhecimento facial;

  • Compartilhamento de documento, processo, bloco interno, bloco de assinatura e acompanhamento especial pelo WhatsApp.

  • Evolução da funcionalidade Acompanhamento Especial;

  • Abertura do processo ao clicar na notificação da atribuição ao usuário;

  • Inclusão da funcionalidade Assinatura dentro do Editor de Texto do Documento Interno;

  • Melhoria da usabilidade da pesquisa, de mudança de unidade e do envio de processo;

  • Recuperação de todos os cargos/funções na combo de seleção;

  • Inclusão de navegação para o processo a partir de documento dentro do bloco de assinatura;

  • O histórico de ciências do processo é exibido;

  • Inclusão dos fluxos da criação de documento interno a partir de Documento Modelo, da label do campo de Palavra Chave para Texto para Pesquisa na Tela de Consulta;

  • Inclusão do alerta (exclamação) no processo dentro do acompanhamento especial. ​

A Prefeitura de Teresina já efetuou as atualizações necessárias para uso da nova versão pelos servidores.

Orientações para utilizar a nova versão do aplicativo

Após atualização do Aplicativo do SEI é necessário realizar a leitura novamente do QR Code, para isso:

1.1. No telefone celular, abrir o aplicativo do SEI.

1.2. Acessar a opção “Trocar Órgão” e, em seguida, a opção “Ler Código”.

1.3. Fazer a leitura do QR Code no SEI web do seu órgão, com a câmera do telefone celular.

1.4. Informar o usuário e a senha do SEI, e iniciar o uso do aplicativo.

Instalando o aplicativo no telefone celular (usuários que ainda não possuem instalado)

1.1. No telefone celular, acessar a loja Google Play ou Apple Store e realizar a instalação do aplicativo do SEI.

Acesse a loja virtual do seu sistema Android ou iOS!




Como realizar reuniões virtuais com o Google Meet

Serviço do Google para videoconferências está liberado de forma gratuita para seus usuários. Confira como usá-lo!

Com o surto do coronavírus atingindo diversas partes do mundo, diversos serviços de videoconferência têm visto o seu número de usuários crescer. Assim, por exemplo, até mesmo aplicativos como o WhatsApp que tem como foco a troca de mensagens melhoraram a sua parte de chamadas de vídeo.

Por sua vez, o Google tem trabalhado para substituir o Hangouts com o serviço Meet, que possui um foco mais corporativo, te deixa criar reuniões rapidamente e pode ser utilizado de forma gratuita com certas limitações.

Pensando nisso, a equipe de Analistas da PRODATER criou um manual para ajudar os servidores da PMT na utilização do Google Meet . A seguir, veja como criar reuniões com o Google Meet.

Acesse aqui as orientações!

Importante

O acesso gratuito para o Google Meet está sendo liberado de forma gradual e pode não estar disponível para todos. Assim, caso a opção gratuita não apareça para você, será necessário aguardar que o Google a libere para sua conta.

As reuniões gratuitas do Google Meet podem ter no máximo 100 participantes e durar até uma hora. Caso este tempo seja excedido, será necessário criar uma nova reunião para continuar a usar o serviço.

 

PRODATER lança Boletim do SEI

A Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater) lançou o Boletim do SEI (Sistema Eletrônico de Informações). O SEI é um sistema que engloba um conjunto de módulos e funcionalidades que promovem a eficiência administrativa. “O SEI é cedido gratuitamente para instituições públicas e permite transferir a gestão de documentos e de processos eletrônicos administrativos para um mesmo ambiente virtual. Dentre os muitos benefícios e práticas inovadoras de trabalho, estão a diminuição do uso de papel e o compartilhamento de conhecimento com atualização e comunicação de novos eventos em tempo real”, explica Câncio Júnior, Diretor Técnico da Prodater.

Além da versão web do sistema, versão mais completa, o SEI possui uma versão mobile, aplicativo, disponível tanto para Android como IOS, lançada pela Secretaria de Gestão do Ministério da Economia, permite que servidores criem processos eletrônicos e editem documentos. Pelo celular, será possível criar processos e realizar novas operações para atendimento de diversas necessidades da administração pública, contemplando também correções de erros e melhorias de segurança, além de novas funcionalidades como a criação de processos, criação e edição de documentos e notificações para atribuição de processos, dentre outros.

De acordo com Lucas Aurélio, Analista de Negócios da Prodater, “O SEI é utilizado tanto por servidores da Prefeitura, quanto por usuários externos, como fornecedores e cidadãos em geral que podem resolver suas demandas pelo sistema. Alguns exemplos de demandas que a população já pode solicitar pelo SEI estão na página https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/”, informa.

O analista também orienta que o Boletim do SEI é uma forma de centralizar as novidades sobre o sistema e onde os usuários podem encontrar facilmente links para acesso, informações, notícias, documentos, materiais de apoio, tirar rapidamente dúvidas mais frequentes quanto ao uso e entrar em contato com o suporte para solucionar problemas. “Constarão no Boletim, por exemplo, novos serviços que estarão à disposição online conforme forem implantados”, acrescenta Lucas.

O Boletim do SEI está disponível no endereço: http://sites.prodater.pmt.pi.gov.br/boletim-do-sei

Nova versão do APP SEI!: Orientações para utilizar a nova versão do aplicativo

Nova versão de aplicativo permite que servidores criem processos eletrônicos e editem documentos. Com toques no celular, será possível criar processos e realizar novas operações para atendimento de diversas necessidades da administração pública.

A Secretaria de Gestão (SEGES) do Ministério da Economia lançou nesta sexta-feira (20) a nova versão do aplicativo do SEI, contemplando correções de erros, melhorias de segurança, além de novas funcionalidades como a criação de processos, criação e edição de documentos, notificações para atribuição de processos, dentre outros.

Por meio do aplicativo SEI – disponível nas lojas da Google Play e Apple Store – o usuário poderá também experimentar melhorias na gestão de blocos de assinatura e blocos internos, contará com novos filtros de pesquisa e gerenciamento de marcadores, além de maior usabilidade na assinatura de documentos.

A Prefeitura de Teresina já efetuou as atualizações necessárias para uso da nova versão pelos servidores.

Orientações para utilizar a nova versão do aplicativo

Após atualização do Aplicativo do SEI é necessário realizar a leitura novamente do QR Code, para isso:

1.1. No telefone celular, abrir o aplicativo do SEI.
1.2. Acessar a opção “Trocar Órgão” e, em seguida, a opção “Ler Código”.
1.3. Fazer a leitura do QR Code no SEI web do seu órgão, com a câmera do telefone
celular.
1.4. Informar o usuário e a senha do SEI, e iniciar o uso do aplicativo.

Instalando o aplicativo no telefone celular (usuários que ainda não possuem instalado)

1.1. No telefone celular, acessar a loja Google Play ou Apple Store e realizar a instalação do aplicativo do SEI.

Como acessar a rede sem fio ProcessoEletronicoPMT e retornar para a rede corporativa. 

No âmbito da Prefeitura de Teresina, atualmente, existem duas redes principais utilizadas para conexão com a internet sem fio. A Rede Coporativa (que pode ser cabeada e sem fio) e a rede ProcessoEletronicoPMT (apenas sem fio).

Recomenda-se utilizar preferencialmente a rede ProcessoEletronicoPMT, pois esta rede foi disponibilizada principalmente para operacionalização do sistema de processo eletrônico da Prefeitura. 

O procedimento para conectar-se a rede sem fio ProcessoEletronicoPMT é muito simples basta que o usuário:

  • Selecione o ícone Rede  na área de notificação.
  • Na lista de redes, escolha a rede ProcessoEletronicoPMT, conforme na imagem.

  • Deixe a opção “conectar automaticamente” marcado:

  • Ao conecta-se a rede, o usuário será redirecionada a uma página de autenticação onde deverá ser digitado o usuário e  senha, conforme a imagem abaixo:

  • O login de autenticação é o mesmo do acesso ao sistema de processo eletrônico (SEI), portanto, digite seu usuário e a senha de acesso ao SEI.
  • Feito isso, você está conectado a internet e pode utilizá-la a vontade.

Retornando para a rede corporativa sem fio 

O procedimento para retornar a rede sem fio Corporativa é basicamente o mesmo de acessar a rede ProcessoEletronicoPMT, para isto basta seguir os passos:

  • Selecione o ícone Rede na área de notificação.
  • Na lista de redes, escolha a rede Corporativa, o nome vai está de acordo com seu Órgão, conforme na imagem.

  • Recomendamos que não marque a opção “conectar automaticamente”, pois, como dito anteriormente, a rede ProcessoEletronicoPMT deve ser usada como padrão.
  • Feito isso você será desconectado da rede atual, ProcessoEletronicoPMT, a passará a ficar conectado a rede corporativa.
  • A rede corporativa não exige a autenticação num primeiro momento, no entanto, ao tentar acessar determinados sites, ela redireciona o usuário para uma página de autenticação, conforme na figura abaixo:

  •  Se você não possui usuário, entre em contato com o CAS – SUPORTE da PRODATER para providenciar o seu cadastramento, caso possua, é só informá-los nos seus respectivos campos de preenchimento.